As diferenças deveriam caber no mesmo pote…

Piiiiuuuuuuíiiiiiiiiii Piiiiuuuuííííííííííííííííííí

Trem de Ferro – Castelo Ra Tim Bum

Café com pão
Café com pão
Café com pão
Virge maria que foi isso maquinista?
Agora sim
Café com pão
Agora sim
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu presciso
Muita força
Muita força
Muita força…

(Manuel Bandeira)

Virge Maria que foi isso maquinista? Que musica é essa fernando? to com sono, to com cansad@, da um tempo pra gente raciocinar ne, passou o carnaval, a gente ainda ta no ritmo de quarta de cinzas…

Vamoooooooo!!!!! Acorda povo!!!! Vamo explorar e pra explorar eu preciso muita força, muita força, muita força… E o poema do Manuel Bandeira café com pão serve pra inspirar o leitor a se ligar e acordar, o ano não começou agora, começou a três meses e se você ainda não fez nada amigo… bom entra no ritmo do café com pão e comece a fazer…

O trem parou e vamos sair dele um pouquinho, vamos andar em volta dele pra ver como funciona o lugar em que vcs frequentam enquanto não estão viajando…

É isso, estamos no dia 15 de março e hoje faremos a exploração no bairro o roteiro já decidido pelos jovens é só seguir:

Posto 1º de Outubro, Escola Estadual Clovis Rene, Centro comercial do Lajeado (Master, Marabras, Posto de Gasolina), Escola Infantil  Monica, Fraternidade o Caminho (Casa de recuperação) e Chacara das Flores.

Ah fernando, ta garoando, o trem parou e não tem volta, faça sol ou chuva de vez em quando não da pra retardar as coisas e saímos de dentro do trem, mas não da viagem é claro…

Andamos o percurso definido, no final do percurso um acidente, não conosco, mas a perua de um senhor pegou fogo em frente a Chácara das  Flores e isso foi sensacional e triste pela perda do senhor, mas o medo de explosão elevou a adrenalina de todos inclusive do maquista….e após o acidente terminamos nosso exploração do lado externo do trem e combinamos de nos encontrar no trem na manhã seguinte.

Eaí? Firmeza???? já é dia 16 de março e ahh esqueci de falar que nós recebemos uma nova tripulante no dia de ontem, a jovem Debora se juntou ao nosso grupo, mas tirando esse detalhe o dia foi cheio. Todos de volta ao trem é preciso combinar algumas coisas, toda vez que nós sairmos do trem para uma outra parte da viagem a gente precisa levar um lanchinho até porque saco vazio não para em pé.

– Como vocês querem se organizar? pode ser sorteio, pode ser voluntariado, ou eu posso escolher, o importante é que seja em duplas.

– Fernando faz assim, a gente divide as duplas e faz um sorteio da ordem de levar o lanche pode ser?

– Pode, mas eu queria uma dupla voluntária pra amanhã tem alguem? Nois fernando, Jhonatan e Tiago. e assim sortearam 15 duplas.

Tudo feito por eles e organizado por eles…depois disso conversamos sobre a exploração do dia seguinte, onde subiriamos bem alto, no Banespão, conversamos sobre comportamento em lugares publicos, sobre cumprir regras sem serventia é lógico e combinamos o horario…

Na segunda parte do dia entrei pesado com um conceito novo: O que é cartografia? Fala aí!

-A fernando é carta com imagem?

– Boa, também, mas o que é uma carta com imagem?

– Acho que você contar alguma coisa atraves de imagens, num é isso?

ISSO!!!! (10 PRA VC, HAHAHA)

Então é isso, mas aqui a cartografia é diferente, lembra do olhar, que vocês precisam ver o que lhes chama atenção, não so o olhar fisico? então, aqui nos cartografamos os sentimentos (como assim fernando?), a cartografia no programa jovens urbanos consiste em expressar de alguma forma o que faz mais sentido pra você, o que te chama mais atenção, o que te marca, entederam? Então bora fazer a cartografia de ontem…

cartografias reunidas

Para ver as fotos da atividade clique aqui

Claro que o assunto que dominou foi o incendio na perua, mas o lixo na rua, as meninas cabulando aula, a fila no posto de saude e sairam varias produções

aliado a essa atividade onde todos apresentaram suas cartografias, inclusive o maquinista, porque o maquinista também vê, os jovens deveriam falar da expectativa deles a respeito da exploração de amanhã… e até amanhã no trem….

Bom dia é dia 17 de março e quanta gente nesse trem, todos aqui? sim, então vamos lá

Pegamos o trem (de verdade e meio sem sonhos) em guaianazes e partimos num caminho externo ao nosso trem diario, mas numa das etapas mais fascinantes dessa viagem, o Banespão.  Subimos e cabe colocar só uma pergunta: aqui parece com a Malvina (Vila 1º de outubro onde fica o trem)? Aqui é a mesma cidade? (duas perguntas vai)… e descemos e era o fim da atividade, um grupo foi para a galeria do rock, outro pra 25 de março (e ficou preso rsrsrs) e depois o grupo da galeria ainda foi pro CCBB..

mas falemos mais disso no proximo dia de viagem porque o condutor ta cansado, mas com uma duvida na cabeça: é tudo um mesmo pote? mas discorrer sobre isso só na próxima parada do trem por enquanto fico com o maneco….

Vou depressa
Vou correndo
Vou na toda
Que só levo
Pouca gente
Pouca gente
Pouca gente…

(Trem de Ferro – Manuel Bandeira)

exploração ao predio do banespa

Para ver todas as fotos clique aqui

Beijos até mais

Fernando Cruz

Anúncios

Sobre pju6casadosmeninos

Execução da 6ª edição do Programa Jovens Urbanos na Casa dos Meninos, no distrito do Lajeado.
Esse post foi publicado em manhã e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para As diferenças deveriam caber no mesmo pote…

  1. Hugo disse:

    Responsa sair com essa galera hein…

    espero q a influencia da sua pessoa e o trabalho no projeto faça diferença pra maioria deles!

  2. Letty disse:

    ée nois aprendendo, curtindo…
    novas idéias e pensamentos NOVO OLHAR !

  3. Letty disse:

    nova história, novos amigos rs,
    amo muito tudo isso…jah acordo animada heheheh…
    novas curiosidades , enfim muito legal.

  4. jheny disse:

    tipo, tipo … galera TDB
    valew gente … adorooo tudo isso

  5. Fábio M. F. disse:

    Lá de cima daquele edifício parace a Malvina?

    Lembro-me bem do primeiro dia que fui àquele edifício.
    Aquela visão panorâmica de 360º me fez saber que não há limite aonde desejamos ir.

    Senti-me livre e mais sonhador. Foi realmente um bom momento pra mim.

    Eu já fiz parte deste mesmo programa e dele tirei muito proveito e conhecimento, mas o melhor de tudo é estar com pessoas diferentes e fazer a diferença!

    Fábio M.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s