Outubro Vermelho

Salveeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!

Tudo certo por aí? por aqui tá tudo ótimo!

– Você sumiu, o que aconteceu?

Como tudo as coisas avançam, e assim como a atrasada linha 4 amarela do metrô estamos fazendo testes e mais testes para que o trem siga sem o maquinista, tendeu?

– Não.

Então comenta aí que eu explico.

Vortano, eu maquinista, condutor, educador e mano Fernando não trabalho sozinho e nem faço o que me dá na telha, na Central de Operações (equipe tecnica) nós decidimos os rumos da linha (Casa dos Meninos) e esse rumo serve para as duas turmas. E nesse mês de outubro o rumo a ser trilhado era o dos Projetos, uma linha ferrea cheia de obstaculos, de articulações, de mudanças de rumo, mas com fim à autonomia dos passageiros, com a idéia de que todos sejam condutores.

exploração para o museu afro brasil

Essa trilha começou em setembro, mas o caminho dela mas sinuoso estava por ser percorrido em outubro, por isso vermelho, NÃO, não somos comunistas, ou socialistas, nem procuramos a revolução no trem, é vermelho porque é vida, é sangue, é suor e é sorriso, nada de lágrimas, mas vocês entenderão…

No fim de setembro depois de terem realizado a exploração do Mapa dos 4 Ps, os jovens produziram o mapa dos possíveis, na semana do dia 20 ao dia 22 de setembro. Primeiro fizeram os mapas da exploração/pesquisa na comunidade e na quinta feira dia 22 os jovens produziram o Mapa dos possíveis, onde tiraram dos outros mapas as possibilidades de atuação na comunidade.

Na ultima semana de setembro o trem fez como sempre um caminho tortuoso, vamos lá.

No dia 27 dentro do próprio vagão teve inicio de forma clara a ideia dos projetos, a partir daqui o caminho dos trilhos foge um pouco do controle da Central de Operações, agora quem vai guiar são os passageiros, e a Central só vai orienta-los pelo caminho menos duro, ou seja, nesse dia cada jovem disse qual em qual temática queria executar um projeto e teve que justificar o porque queria fazer um projeto nessa praia. Foi difícil de se manifestarem, os que estavam mais animados já deram até sua idéia de projeto, mas outros nada falavam, então tiramos um pouquinho de sangue (metaforicamente) e fizemos com que falassem, como? fácil, só lembrar que o projeto é para eles e que eles serão lembrados na comunidade… Então todos justificaram porque fazer uma intervenção naquela praia.

No dia 28 enfim, ufa, a entrega dos certificados dos jovens que fizeram as experimentações nas escolas técnicas, e mais uma promessa de mudança da data do clube do Itau, em tempo, o maquinista não estava presente, mas todos os jovens me afirmam que lhes foi prometido a ida ao clube no dia 15 de dezembro…

Nessa viajem foram alguns jovens que faziam experimentação na ETEC, outros não puderam ir por conta do horário (tarde)

No dia 29 mais trabalho meu filho, dividir os grupos por temáticas e trabalhar nas idéias dos projetos, saíram dois grupos: meio ambiente e o outro era um monte de coisas, se iniciavam os testes do trem andar sem condução.

A temática do meio ambiente aglutinou 14 pessoas e saíram duas ideias de projetos:

inspiração para o projeto do meio ambiente (segundo os jovens)

revitalizar uma praça (talvez a única) do bairro e plantar arvores pelo bairro, depois de muita conversa interna dentro do grupo, decidiram juntar as duas idéias e fazer um grupão, porque pensam que será trabalhoso e querem fazer em um projeto de media duração (2 a 3 meses).

O outro grupo com 10 aglutinava algumas ideias: falar sobre saúde publica (drogas), mundo do trabalho, identidade e artes. Depois de muito conversar chegaram a decisão de que falariam de identidade e arte e que o produto seria um documentário pela identificação dos mesmo com a linguagem, e que queriam fazer uma coisa a mais escrita, para complementar as linguagens, pois nem todo mundo presta atenção no vídeo e nem todo mundo gosta de ler.

E assim terminou o mês de setembro

Em outubro logo no dia 04 já colocamos uma obstáculo nos trilhos do trem sem condutor: hoje precisa se definir os grupos e a ideia de projeto!, com tudo já bem encaminhado, foram ratificadas as idéias supracitadas e depois fizemos uma brincadeira para descontrair o grupo, alguns conhecem como a cidade dorme, outros como mafioso, enfim, os jovens gostam muito e estimula a argumentação e o “trabalho em grupo”, não conhece, vai no google…hahhaha

No dia 05 fomos os 23 passageiros a Casa de Cultura de Guainazes para a apresentação e conversa com jovens da comunidade que já foram contemplados pelo VAI, o encontro não rendeu muito, mas foi importante para os jovens verem outras coisas.

No dia 06 os jovens tiveram contato com as produções de outras edições do PJU, principalmente da casa dos meninos.

ta na hora de conduzir o trem do PJU

Agora o educador vai fazer um corridão aqui, porque o trem seguiu a milhão no teste da autonomia de condução. Sabe porque? Porque o processo de escrita foi frenético, os jovens sentavam, escreviam, e quando acabavam paravam o trem e iam para seus lares, sim cansativo, mas prazeroso, então vamos lá.

Dia 10 e 18 de outubro (trocamos o dia 13 pós feriado e pelo dia 10 – segunda feira) os jovens escrevem os objetivos, o publico alvo, a apresentação, a justificativa e o histórico (essas duas partes as mais difíceis e cansativas).

Sim pulamos o dia 11, porque nesse dia o trem parou no Céu lajeado, onde foram todos os 23 jovens para a atividade da Ashoka, que a principio foi difícil, mas terminou muito com uma dança celta. Sinceramente, não conseguiu atingir os objetivos de tirar alguns obstáculos do caminho de nosso trem, sendo positivo no limite, liberou um pouco do stress em uma atividade pré dia das crianças.

No dia 19 de outubro foi a vez de pensar no cronograma das atividades, escrever o plano de trabalho e listar os materiais para a pesquisa do orçamento.

No dia 20 de outubro os passageiros desceram do trem e forma fazer as pesquisas dos orçamentos na comunidade.

No dia 25 os passageiros voltaram ao trem com os orçamentos, quer dizer, mais ou menos, o grupo que voltou com os orçamentos, o da temática do meio ambiente, trouxe 5 orçamentos e colocou todos no projeto, já o grupo do vídeo documentário, não trouxe um orçamento, pois a parte do vídeo não entra (ao que sabemos é cedida pelo assessor) e os jovens não encontraram uma papelaria na comunidade que xerocasse a quantidade desejada para a produção dos fanzines, então iríamos ao centro, mas depois eu falo disso.

No dia 26, revisão de todo o projeto, com apontamentos e questionamentos feitos pelo maquinista, pronto, agora resta dividir as tarefas e revisar mais uma vez os projetos para entrega-los no dia 3 até as 10:00hrs da manhã.

No dia 27, sem projeto, vamos explorar, foram ao museu afro 16 passageiros, em uma bela

museu afro brasil

exploração que pode servir e muito ao grupo do vídeo documentário, e o parque do Ibirapuera no mínimo levanta questionamentos e ideias para a revitalização da praça. O museu, apesar de colocar um discurso que valoriza os feitos dos oprimidos, digo isso porque trata principalmente do negros, mas tem uma exposição lá sobre o sertão nordestino (linndaaaa) sob essa justificativa, ainda tem em seu acervo fixo textos produzidos que já estão defasados pela historiografia.

O acervo é fixo, a historiografia não! Fica a dica.

E seguimos na nossa viagem, os testes estão quase terminados, dentro de mais um mês acredito que se encerrem, ai o trem será conduzido pelos passageiros e os horizontes que aparecem em nossas janelas são lindos, mas frutos de muito sangue, suor e risadas…tchau outubro!

Um belo horizonte aparece na janela do trem da Casa dos Meninos

Abraços

Fernando Cruz, vendo o trem ser conduzido automaticamente…

Anúncios

Sobre pju6casadosmeninos

Execução da 6ª edição do Programa Jovens Urbanos na Casa dos Meninos, no distrito do Lajeado.
Esse post foi publicado em manhã. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s