O começo da viagem é agora!

Oi povo lindo que passa por aqui de vez em quando e ganha tempo e felicidade na vida ao ler o singelo relato do maquinista que vos fala.

Todo ser humano é parecido biologicamente né, quando nasce engatinha, depois fica em pé, depois anda, depois corre, pula, da pirueta e os cambal. No PJU não é diferente, mas o que a gente percebe é que todo passageiro que entra nesse trem maluco, entra andando, alguns já ensaiam uma corrida, mas no geral entram andando pela porta da frente, mas que ao longo dos dez meses vamos ensaiando corridas.

Corremos sozinhos porque a vida nos cobra, porque ajudamos no lar, porque nos sustentamos, porque também queremos coisas boas para nós, porque temos que ir ao banco, temos que fazer mil coisas que somente nós podemos fazer por nós..

Corremos em duplas ou trios, porque o fardo dessa corrida que chama vida é pesado e dificil de carregar, então nos apoiamos e damos apoio aos amigos sinceros que são poucos em uma fase onde a pouca idade e a inconstância das decisões são muitas.

Corremos em grupo porque é mais divertido, é mais prazeroso, é mais conflituoso, é mais gratificante, é mais educativo, é mais sociável, é menos dificil e porque juntos nós somos melhores!

Corremos porque o tempo do capital nos obriga a correr, mas por mais que ele insista não precisamos correr sozinhos o tempo todo…

Mas Fernando, tem espaço pra correr dentro do trem?

Pra correr, correr não, mas pra ensaiar corridas tem. Porque não correr, a viagem não é linear, é possivel fazer varias corridas, os passageiros por diversas vezes correram sozinhos, mas sempre voltavam pro trem, pois precisavam entregar o ticket de viagem ao maquinista, mas ta chegando uma hora onde eles serão os maquinistas, e o ticket pra essa hora é especial e chama Projeto.

Pois bem nos reuninos no dia 01 de novembro para fazer o check in dessa nova etapa da viagem, a etapa da corrida definitiva, da saída do trem e da entrada na corrida do mundo.

Como assim? O que vocês fizeram?

check in PJU

Ora bolas, um check in, revisamos o Projeto, de acordo com que os jovens repensaram depois do processo de escrita e do projeto pronto, isso definido, o maquinista fez uma revisão final dos tickets acompanhado dos jovens: eram dois tickets, um para cada grupo, o ticket do grupo 1 chama: “As expressões das identidades”; O do grupo 2: “Arvores pra vida”. Tickets revisados, passageiros de acordo com a revisão enviariamos para a Central de Operações (CO) para a validação dos mesmos.

Dia 02 de novembro foi finados, feriado nacional.

Dia 03 entregamos o ticket na CO, agora é aguardar…

Na semana seguinte os jovens fizeram uma outra parada do trem, agora para participar da Semana Expressão Jovens Urbanos:

Na terça feira dia 08 um Seminário na casa das caldeiras, com todos os problemas que a

ExpressaoJovensUrbanos

reunião de mais de 500 jovens em um espaço unico pode ter, mas enfim com sua utilidade, nesse primeiro dia da semana, foram somente 13 jovens, a atividade foi no periodo da tarde, e como somos da manhã, muitos passageiros não puderam desembarcar nessa parada devido as correrias da vida, ou seja da tarde, como cursos e compromissos pessoais…

Na quarta feira dia 09 os jovens tiveram oficinas na Casa de Cultura de Guaianazes, onde tiveram contato com o Stencil – com o Alan Alvico; com a poesia – com o Vandei, Camila e Amanda; e de Fanzine – com o Celso. Essa atividade muito mais sentida pelos jovens, muito mais participativa foi de grande valia, nessa parada 22 jovens colaram pro role.

Na quinta feira dia 10 os passageiros da casa dos meninos foram até a C.O no caso o Cenpec e conheceram o espaço e a Central de Operações, nesse dia 19 passageiros fizeram essa parada na viagem, sendo que 3 haviam justificado ausência.

Na sexta feira dia 11 os jovens deveriam ter participado do encontro publico na Fabrica de Cultura para a apresentação dos produtos das experimentações que produziram um produto, entendeu? Não? Nem eu. Mas enfim foram dois jovens nessa parada, qual o motivo da pouca presença ainda há de se descobrir, porém alguns muitos passageiros haviam avisado que não poderiam pelo dia e pelo periodo proposto da atividade, assim como na terça o encontro foi feito na parte da tarde.

Painel na Fabrica de Cultura da Vila Curuça

Ahh esse encontro publico foi importante pra todos os passageiros do PJU em geral, pois nele eles tiveram mais um pouco da experiencia de correr com iguais.

Em tempo recebemos o retorno da C.O e nessa próxima semana mais curta por um feriado, faremos a correção pedida nos tickets dos grupos e aguardaremos a avaliação final, a temida banca, mas o maquinista já se sente seguro para acreditar que os passageiros do trem da Casa dos Meninos da turma da manhã estão quase prontos para tocar o trem e nessa hora será muito claro a diferença entre passageiros que entraram como meninos e meninas e sairão como homens e mulheres não prontos para corrida da vida, mas já correndo na mesma, e nos tickets a hora de “quem vai ficar e quem vai partir”.

É com grande prazer que o educador coloca a primeira musica mais pedida para colocar no blog, “é o trem das sete horas, é o ultimo do sertão”

 

Boa viagem aos passageiros e aos acompanhantes, nos vemos daqui a 15 dias, por enquanto o sentimento do maquinista é esse:

POEMAS DE SETE FACES

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus,
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.

                                                             Carlos Drummond de Andrade

Fernando Cruz

 

 

 

Anúncios

Sobre pju6casadosmeninos

Execução da 6ª edição do Programa Jovens Urbanos na Casa dos Meninos, no distrito do Lajeado.
Esse post foi publicado em manhã e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para O começo da viagem é agora!

  1. ariane disse:

    quem tá na estação pegando outros trens e vendo esse passar, sempre se surpreende nas paradas!!!

    assim a gente também aprende a correr junto…pra correr cada vez menos sozinho.

    Abraços!

    Ariane.

  2. che1987 disse:

    Eu adorei acompanhar a viajem com estes passageiros e principalmente com o Maquinista. Como eu o conheço pegar neste trem não foi nada fácil, mas quem disse que seria não é mesmo Fernandinho?
    A todo instante que eu embarcava na leitura desta grande viajem descobria o quão é rico e fabuloso a sua fantasia e imaginação para trabalhar com os jovens que, como vc disse: “Vivem várias corridas da vida, várias…” Minha Leitura da sua escrita certo?
    Parabéns por tudo grande maquinista e também grande educador, isso me faz pensar na grande viajem que faremos no próximo ano, enfrentando outras estações e também outros locais.
    Nada a perder e sim a ganhar, ganhar conhecimento, respeito a si mesmo e principalmente AUTONOMIA…
    Abracios grande homem e vamos em frente.
    Até.

  3. sem palavras aos dois que comentaram…

    duas pessoas lindas que acompanham nosso trem desde o inicio..

    são passageiros como todos e muito mais que bem vindos a bordo.

    beijos nos corações e mentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s